Um estudo realizado por mais de 500 cientistas e publicado é Global Burden of Disease deixa claro que atualmente a Obesidade mata mais do que a fome no Mundo. Sim!!!! Se a subnutrição afligiu países por séculos, hoje o excesso de peso já é um problema global.
E se considerarmos que a condição acima fica associada a outros fatores de riscos como: stress, poluição, alcoolismo, tabagismo. Desta forma, o risco de termos doenças associadas a obesidade só faz crescer e cada vez percebemos que pessoas abaixo dos 35 anos já convivem com doenças como: pressão alta, diabetes, deficiências de nutrientes, problemas cardíacos e respiratórios.
O mais incrível é que não temos fome e sim vontade de comer!
Deveríamos comer para nos mantermos vivos! Essa é a ideia básica e primordial: Sobrevivência.
Acredito que nossos ancestrais pensavam assim, até descobrirem o fogo, agregarem temperos e sabores as refeições.
Hoje em dia come-se mais por prazer e compulsão do que por necessidade.
O elevado número de produtos industrializados que promovem o fast food, não estamos falando apenas do Mc Donanld’s não!
Praticamente todas as refeições do Café da manhã ao Jantar que consumimos no dia são baseadas em produtos industrializados, ricos em açúcar, sódio, conservantes e diferentes tipos de gorduras.
E toda essa alimentação tem nos viciado e nos feito querer comer ainda mais e mais e como efeito colateral jamais estamos satisfeitos! Vamos combinar que a pressão do dia a dia também nos causa insatisfações e temos encontrado na comida uma fonte rápida e barata de compensação, nos presenteando com trufas e brigadeiros.
Pois entendo que estamos tapando o sol com a peneira!
De forma muito simples entendo que a solução está bem descrita num antigo provérbio chinês:
“O segredo da longevidade é comer a metade, andar o dobro e rir o triplo!”
Vamos simplificar a vida, ame-se mais e busque estar verdadeiramente bem como você, não apenas nas fotos que exibe um suas redes sociais!
Entrar no seu velho jeans é uma conquista muito maior do que brigadeiros diários. Desafie-se!
Pra começar que tal estas dicas pra comer menos?!
• Mastigue! Sim, parece absurdo, mas não é. Como devagar, deguste o alimento, reconheça os sabores. Deixe seu cérebro entender que está comendo e lhe enviar a mensagem de saciedade ao final da refeição.
• Escolha porções menores e nos buffets pratos de sobremesa; Evite a comilança e o desperdício.
• Beba água! O dia todo.
• Sabe como evitar as tentações? Prive-se delas, não compre, doe o que ganha! Liberte-se.
• Distraia-se! Alimento não é consolo e acredite o sentimento de culpa por comer mais do que precisa irá te deixar ainda mais triste. Encontre outras alternativas para descontar o stress e a tristeza, um exercício físico vai te ajudar muito mais elevando sua endorfina e diminuindo seu stress.
• Fast food pode deste que seja real food, banana, maça, uvas, castanhas. Opções saudáveis e rápidas, assim como preparar um salada.
• Permita-se provar novos sabores, seu paladar pode ser alterado.
• Prefira alimentos que promovem maior saciedade, coma mais proteínas e fibras.
• Masque chiclete, sem açúcar.
• Durma bem!

Espero que aproveite cada uma destas dicas e que inclua mais saúde e vida em seus dias!